As faces da arte

As faces da arte: discursos do sagrado e do profano na arte sacra ribatejana pretende, através do desenvolvimento de uma palestra a duas mãos, a cargo do antropólogo Aurélio Lopes (IELT, NOVA FCSH) e do historiador de arte Vítor Serrão (ARTIS-IHAS-FLUL), revelar as multifacetadas valências que a arte sacra incorpora. Esta iniciativa realiza-se dia 24 de fevereiro, sábado, às 16 horas, no Fórum Mário Viegas em Santarém.

Em perspetivas históricas, estilísticas, sociológicas e antropológicas que, causalidades tradicionais, teológicas e socioculturais enformam e explicam. A análise de partida incide sobre três peças de arte sacra escolhidas de entre o espólio existente no Museu Diocesano de Santarém: uma pintura em tela seiscentista, um trono de graça e, por fim, um relicário. A partir das mesmas, temáticas como o imaculismo mariano, a simbólica trinitária e espiritista, os potenciais místicos e míticos da virgindade ou o culto das relíquias irão, entre outras, merecer especial atenção.

Sugestões