Bento da Cruz: in memoriam

Morreu na passada quarta-feira Bento da Cruz, “príncipe do planalto barrosão”. Em 2012 foi um dos homenageados do colóquio do IELT Paisagens Literárias de Escritores de Trás-os-Montes, coordenado pela investigadora Ana Isabel Queiroz.

Neste vídeo podemos ouvi-lo falar da “terra mais abandonada de Portugal”, da sede das vacas nos dias de carrada, das aves que a caça extinguiu, das minas, das árvores mais leves e vibráteis cuja madeira canta, do canto das raparigas em dias de festa. Um trabalho de José Barbieri, Eva Ângelo, Solange Carvalho e Margarida Lopes Fernandes para o Memoriamedia.

Médico e escritor, Bento da Cruz nasceu em Peirezes, aldeia de Montalegre, no distrito de Vila Real, e morreu aos 90 anos, no Porto, onde vivia desde 1971. Mais aqui.

Sugestões