Carta branca às editoras de poesia

A Casa Fernando Pessoa começa o ano com um novo ciclo de leituras dedicado a apresentar o trabalho de editoras que se destacam pelos seus catálogos de poesia. São sessões em que os editores têm carta branca para darem a conhecer os seus autores, tradutores, motivos e preferências.

O primeiro ciclo deste ano recebe o projeto editorial não (edições). Este projeto independente fundado em Lisboa em 2013, dedica-se à publicação de poesia – livros de poemas, prosa poética, traduções, escrita para performance, entre outros – procurando ecoar a multiplicidade ‘em aberto’ que este género literário pode representar, com particular atenção a obras inéditas ou a jovens autores. Valoriza-se o diálogo entre textos e materiais visuais, como desenhos, ilustrações e colagens.

À apresentação da “não (edições)” e do seu catálogo pelo editor, juntam-se à conversa Catarina Nunes de Almeida, poeta e investigadora, e Miguel Martins, poeta e tradutor. Estes autores irão também ler a partir dos seus livros, bem como poemas e traduções, publicados pela “não (edições)”, de autores tão diversos como Anne Carson, Derek Jarman, Helder Moura Pereira, João Miguel Henriques, Ricardo Marques, Rita Natálio e Sónia Baptista.

O ciclo realiza-se a 18 de janeiro, pelas 18h30, na Casa Fernando Pessoa. A entrada livre é livre.

Sugestões