CFP: DOSSIÊ A (IM)PERTINÊNCIA DA POESIA PORTUGUESA DE AGORA

Encontra-se aberta a chamada de artigos para o Dossiê: A (im)pertinência da Poesia portuguesa de agora (depois de 2000 até ao presente).

Os investigadores interessados em compreender e explorar a poesia portuguesa das últimas décadas, poderão propor trabalhos em torno das seguintes problemáticas: 1) A febre do cânone, 2) Poesia e técnica, 3) Política da poesia, 4) Poesia e outras artes e 5) Poesia e edição.

O envio das propostas deve ser feito até 15 de janeiro de 2022. A organização do número está a cargo das investigadoras Golgona Anghel e Ida Alves.

Mais informações aqui.

Recent Posts
dobra