Doutoramento em Estudos Medievais (2019/2020)

De 12 de março até 25 de junho de 2019 está aberta a primeira fase de candidaturas para a nova edição do curso de Doutoramento em Estudos Medievais em regime de e-learning, uma oferta conjunta da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e da Universidade Aberta.

Este doutoramento interdisciplinar é oferecido em regime de e-learning, o que permite aceitar estudantes de todo o mundo e flexibilizar a oferta formativa de acordo com diferentes horários e exigências pessoais. Será lecionado com materiais em língua portuguesa, mas a avaliação pode ser feita na língua materna dos doutorandos.

O acompanhamento interativo permanente, a integração numa equipa de docentes e investigadores plural, multidisciplinar e altamente qualificada, bem como a possibilidade de trabalhar de forma colaborativa intensa, em estreita ligação com as actividades e investigação levada a cabo no Instituto de Estudos Medievais da NOVA FCSH, são apenas algumas das mais-valias deste curso.

A possibilidade de trabalhar com documentação disponível online ou nos locais onde residem os doutorandos é outra das aliciantes desta oferta pedagógica, que pretende formar investigadores que conjuguem nas suas teses de doutoramento o rigor e a prática da interdisciplinaridade. Propõe-se, por isso, aos doutorandos, uma formação interdisciplinar, que lhes permite aprender a trabalhar em Arqueologia, História, História de Arte, Literatura, Musicologia e mesmo em Codicologia e Paleografia, combiná-las com outros ramos do conhecimento que os doutorandos possam dominar com mais à vontade.

Nesta oferta doutoral está previsto um atelier presencial intensivo de uma semana (retiro doutoral) que permite aos doutorandos frequentar diversos seminários especializados, o contacto mais estreito com documentação e orientadores e ainda a apresentação, num colóquio de doutorandos, dos seus trabalhos e dúvidas. 

Este é um projeto que envolve vários centros de investigação da NOVA FCSH, tais como: CESEM – Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical, CLUNL – Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa, IELT – Instituto de Estudos de Literatura e Tradição, IEM – Instituto de Estudos Medievais e o IHA – Instituto de História da Arte.

Este ano as inscrições deverão ser feitas a partir da plataforma da Universidade Aberta. Consulte toda a informação no Edital de Abertura, a disponibilizar brevemente aqui. Mais informações aqui. A segunda fase para candidaturas decorrerá de 20 de agosto a 3 de setembro de 2019.

Sugestões