IELT acolhe dois novos projetos: Romanceiro.pt e Garrettonline

O IELT acolheu recentemente dois novos projetos de investigação na área das Humanidades Digitais, Romanceiro.pt e Garrettonline, ambos dedicados à edição, preservação, estudo e divulgação científica do Romanceiro.

Romanceiro.pt consiste numa plataforma digital que acolhe vários projetos de estudo e disseminação da balada ibérica em Língua Portuguesa, entre eles, o projeto Garrettonline, que se propõe disponibilizar uma edição crítico-genética digital do Romanceiro de Almeida Garrett, recorrendo a manuscritos autógrafos e ampliando o corpus do editor romântico.

Portugal foi o primeiro país a possuir um grande inventário de uma tradição baladística e com ele novas metodologias filológicas têm vindo a ser esboçadas em trabalhos académicos. A consulta dos arquivos que o projeto Romanceiro.pt acolhe contribui para uma visão sistemática e organizada desta forma poética em Portugal, assim como para a compreensão da baladística como fenómeno universal. Romanceiro.pt transforma, deste modo, a tradição oral portuguesa numa rama do romanceiro pan-hispânico, representada digitalmente, tanto do ponto de vista do acesso às versões como de metodologias e ferramentas de trabalho do âmbito da filologia digital.

A edificação de edições-arquivo é rara no contexto da tradição filológica portuguesa. O trabalho desenvolvido por Garrettonline, através da disponibilização da edição crítico-genética digital do Romanceiro de Almeida Garrett, assenta nesse conceito e mune-se de diferentes ferramentas do âmbito da filologia digital, funcionando como um possível modelo a replicar noutras obras clássicas do património literário português.

A responsável científica de ambos os projetos é Sandra Boto, investigadora contratada ao abrigo do Concurso Estímulo ao Emprego Científico Individual 2018 (CEEC), financiado pela FCT, com o projeto From the past to the future: the platform of the Portuguese expression folk balladry. A investigadora encontra-se a desenvolver o seu trabalho no IELT que, em síntese, consiste no desenvolvimento de uma plataforma digital do romanceiro de língua portuguesa, englobando vários recursos e projetos já em curso.

 

Sugestões