III Encontro da Rede BRASPOR

O III Encontro da Rede BRASPOR (Base de Conhecimentos Relacionais Aplicados para o Ordenamento do Litoral), subordinado ao tema Ambientes Costeiros e Bacias Hidrográficas, realiza-se de 22 a 24 de julho, em Ponte de Lima, com a participação da investigadora Joana Freitas.

A Rede BRASPOR tem como objetivo principal o desenvolvimento do conhecimento interdisciplinar de sistemas costeiros dos dois lados do Atlântico, designadamente através da promoção da integração disciplinar, de dados e de métodos e da avaliação do nível de riscos (físicos, ecológicos, geológicos, químicos, económico-socio-culturais), incentivando deste modo a ampliação da produção científica competitiva e da produção de conteúdos didáticos (ensino e aprendizagem).

Objetivos:
– Intensificar a colaboração entre os investigadores aderentes de forma a conferir maior grau de consolidação e de eficácia à Rede, especialmente no que se refere à articulação entre as Ciências Exactas e Naturais e as Ciências Humanas e Sociais;
– Criar novas sinergias entre investigadores/grupos de pesquisa dedicados ao estudo de outros sistemas costeiros, imprimindo novas dinâmicas propiciadas por abordagens mais holísticas que contemplem conjuntamente o meio natural e o Homem que o explora e modifica;
– Efetuar sínteses sobre os processos (naturais e humanos), a evolução (ambiental e social) e a ocupação das zonas costeiras e bacias hidrográficas de ambos os lados do Atlântico, de forma a estabelecer contrastes, tentando definir o que é conjuntural e o que é estrutural nas características dessas zonas;
– Estabelecer estratégias possíveis para o futuro, tendo em conta as alterações climáticas e a evolução passada das zonas costeiras e bacias hidrográficas sob o efeito das acções antrópicas, de modo a garantir as sustentabilidades ecossistémica e social;
– Incrementar os níveis de internacionalização dos grupos de pesquisa envolvidos na Rede (e os que a se queiram associar) e ampliar os níveis de interdisciplinaridade, a fim de desenvolver, proactivamente, ações de pesquisa transdisciplinar;
– Aumentar os níveis de produtividade científica decorrente das sinergias criadas pela colaboração entre investigadores/grupos de pesquisa de diferentes áreas científicas (designadamente as Ciências Exactas e Naturais e as Ciências Humanas e Sociais), de diferentes áreas geográficas (nomeadamente as margens ocidental e oriental do Atlântico) e com diferentes métodos de trabalho.

Recent Posts