Nuno Júdice recebe Prémio Literário Guerra Junqueiro

Nuno Júdice recebeu o Prémio Literário Guerra Junqueiro, instituído pelo Freixo Festival Internacional de Literatura (FFIL), que decorre em Freixo de Espada à Cinta, no distrito de Bragança, até dia 3 de junho. 

“Na minha juventude fiquei muito marcado pela leitura dos livros de Guerra Junqueiro que havia em casa dos meus pais. Junqueiro foi um poeta que me marcou bastante pela forma como fala do mundo, da sociedade ou da religião. O ter agora um prémio com o nome de Guerra Junqueiro, é ir ao encontro dessa minha admiração pela sua obra”, conta Nuno Júdice.

O poeta, ensaísta, ficcionista e professor universitário, soma quase quatro dezenas de livros de poesia e várias obras de ficção. Foi distinguido com o prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores, o Prémio D. Dinis da Fundação Casa de Mateus, com o Prémio Bordalo da Casa da Imprensa, o Prémio Literário António Gedeão e com o Prémio da Associação Internacional de Críticos Literários. O Prémio Ibero-americano Rainha Sofia de Espanha foi-lhe atribuído, em 2013, em reconhecimento pela sua carreira. No ano passado Nuno Júdice venceu igualmente o Prémio Internacional Camaiore 2017 de Itália.

Sugestões