O estado das coisas II: Movimentos incertos do presente

Realiza-se dia 10 de março, no Colégio Almada Negreiros (NOVA FCSH), o seminário aberto O estado das coisas II: Movimentos incertos do presente.

O encontro é organizado no âmbito do Mestrado e Doutoramento em Estudos Portugueses da NOVA FCSH. “Temos uma mensagem comum, acabaremos por nos encontrar.” – ouve-se no início do filme de Wim Wenders, O Estado das Coisas. Mais do que uma reflexão sobre um estado, uma condição – a de reféns num hotel à beira-mar -, o filme de Wenders é uma reflexão sobre um processo, sobre como “fazer coisas” no limite do inexequível.

A entrada é livre. Programa completo aqui.

Recent Posts