Actividades este mês

VII Encontro da REDE BRASPOR

Sesimbra, Portugal

18 a 21 de Setembro 2017

O EVENTO

Enquadramento e Objetivos

A Rede BRASPOR é uma rede informal, aberta, de geometria variável, que visa fomentar a cooperação entre investigadores, de várias áreas do saber, que se dedicam ao estudo dos sistemas costeiros.

Aquando da primeira reunião, no Porto, em 2011, foi decidida a realização de encontros anuais, ora em Portugal, ora no Brasil, para propiciar o contato entre os seus membros, apresentação dos resultados das suas pesquisas e estabelecimento de novas ações de colaboração. Assim, depois do Porto (PT), em 2011, Paraty (BR), em 2012, Ponte de Lima (PT), em 2013, Manaus (BR), em 2014, Mértola (PT), em 2015 e Fortaleza (BR), em 2016, o próximo encontro será em Sesimbra (PT) de 18 a 21 de Setembro de 2017.

O VII Encontro da Rede BRASPOR é organizado pelo IELT - Instituto de Estudos de Literatura e Tradição e pelo CH - Centro de História, com o apoio da CMS - Câmara Municipal de Sesimbra, e a colaboração do CITCEM - Centro de Investigação Transdisciplinar «Cultura, Espaço e Memória», do CIMA - Centro de Investigação Marinha e Ambiental, do MARE - Centro de Ciências do Mar e do Ambiente e do CHAM - Centro de Humanidades. Conta ainda com o apoio da Cátedra UNESCO “O Património Cultural dos Oceanos”, liderada pelo CHAM e que conta com a colaboração do IELT.

 

Tal como os encontros anteriores, são privilegiadas as abordagens holísticas que contemplem enquanto conjunto o Homem e o Meio. A temática específica a abordar nesta reunião será Mares e Litorais: perspetivas transdisciplinares.

Os principais objetivos deste encontro são:

  • Intensificar a colaboração entre os investigadores pertencentes à Rede, fomentando trabalhos conjuntos e maior articulação entre os diferentes saberes, especialmente entre as Ciências Naturais e Exatas e as Ciências Humanas e Sociais;
  • Apresentar os resultados de pesquisas efetuadas, propiciar oportunidades para elaborar e ouvir críticas construtivas e sugestões de outros investigadores, no sentido de melhorar a qualidade da investigação e ampliar os níveis de interdisciplinaridade;
  • Produzir sínteses comparativas entre sistemas costeiros, discutir hipóteses de trabalho e novas abordagens de investigação, beneficiando das complementaridades existentes na Rede;
  • Elaborar estratégias para o futuro que, tendo em conta a evolução das zonas costeiras e os seus desafios atuais, relativos às alterações climáticas e às necessidades das sociedades humanas, possam garantir a sustentabilidade dos ecossistemas e dos modos de vida das populações;
  • Incrementar os níveis de internacionalização e de produtividade científica dos investigadores envolvidos na Rede, explorando as sinergias decorrentes da cooperação entre grupos de diferentes áreas científicas e geográficas, com diferentes métodos de trabalho e abordagens;
  • Expandir a Rede BRASPOR a novos elementos através da divulgação da produção dos seus membros e das oportunidades de colaboração nas pesquisas em curso.

 

DATAS

Apresentação dos resumos: 5 de Junho

Seleção dos resumos e informações aos autores: 1 de Julho

 

Inscrições:

Participantes com comunicação 31 de Julho

Participantes sem comunicação: 18 de Setembro

Realização do evento: 18 a 21 de Setembro de 2017

 

PROGRAMA

Disponível aqui

 

COMUNICAÇÕES

Temas

  • Influência do Homem nas características físicas e químicas dos ecossistemas.
  • A componente biológica dos ecossistemas na presença do Ser Humano;
  • Interações Homem – Ambiente: consonâncias e dissonâncias.
  • Aspetos naturais e humanos na construção da paisagem.
  • Repercussões dos ciclos económicos nos serviços ambientais.
  • Serviços ambientais como atractores e impulsionadores sociais.
  • Impactes das alterações climáticas nas comunidades humanas e vice-versa
  • Análise da gestão integrada das zonas costeiras
  • Os litorais e as bacias hidrográficas numa perspetiva diacrónica e/ou sincrónica
  • Oceanos: património cultural da Humanidade

 

Submissão de resumos

Preenchimento de ficha de Submissão de Resumo e seu envio para braspor2017@gmail.com

 

Publicação de artigos

As comunicações do encontro, submetidas sob a forma de artigo, serão publicadas, depois de sujeitas a avaliação por pares, em local e formato ainda a decidir.

 

INSCRIÇÕES

A participação no Encontro está sujeita a:

  • Preenchimento da Ficha de Inscrição e envio para braspor2017@gmail.com
  • Pagamento do valor da inscrição:
    • Membros da Rede BRASPOR – 25€
    • Não Membro da Rede BRASPOR – 40€
    • Estudantes (mediante comprovativo): 10€

 

CONTACTOS

braspor2017@gmail.com

 

COMISSÕES

Comissão Organizadora

Ana Catarina Garcia
(CHAM – Centro de História d’Aquém e d’ Além-Mar, U. Nova Lisboa e U. Açores)

Ana Cristina Roque
(CH – Centro de História, U. Lisboa)

Anabela Gato
(Câmara Municipal de Sesimbra; CEF/UC - Centro de Ecologia Funcional, U. Coimbra e U. Aberta)

Cristina Brito
(CHAM - Centro de História d’Aquém e d’ Além-Mar , U. Nova Lisboa e U. Açores)

Joana Gaspar de Freitas
(IELT - Instituto de Literatura e Tradição, U. Nova Lisboa / CH - Centro de História, U. Lisboa)

Luís Cancela da Fonseca
(MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente, Laboratório Marítimo da Guia, U. Lisboa / CTA – Centro de Ciências e Tecnologias da Água – U. Algarve)

Maria Rosário Bastos
(U. Aberta / CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar «Cultura, Espaço e Memória, U. Porto)

Tomasz Boski
(CIMA – Centro de Estudos Marinhos e Ambientais, U. Algarve / Universidade do Rio Grande do Norte)

 

Comissão Científica

Amélia Andrade (UNL – PT)

Ana Paiva Morais (UNL – PT)

Ana Paula Guimarães (UNL – PT)

Ana Ramos Pereira (UL- PT)

Artur Gil (UAç – PT)

Carlos Carreto (UNL – PT)

Carlos Pereira da Silva (UNL – PT)

Celeste Coelho (UAv – PT)

Clara Sarmento (IPP – PT)

Davis Pereira de Paula (UVA – BR)

Dieter Muehe (UFES – BR)

Emiliano de Oliveira (UFSP – BR)

Filomena Martins (UAv – PT)

Helena Guimarães (UEv – PT)

Inês Amorim (UP – PT)

Jacqueline Albino (UFES – BR)

Jáder Onofre de Morais (UECE - BR)

João Pedro Ribeiro (UL – PT)

Jorge Trindade (UAb – PT)

José Damião Rodrigues (UL – PT)

José Pádua (UFRJ - BR)

Lúcio Cunha (UC – PT)

Luís Palma (CIBIO – PT)

Luís Sousa Martins (UNL – PT)

Luísa Schmidt (UL – PT)

Luiz Osterbeek (IPT – PT)

Maria da Conceição Freitas (UL – PT)

Maria de Fátima Araújo (UL – PT)

Maria de Fátima Nunes (UNL – PT)

Michel Mahiques (USP – BR)

Paula Chainho (FCUL – PT)

Paulo Seda (UERJ – BR)

Pedro Proença Cunha (UC – PT)

Sílvia Dias Pereira (UERJ – BR)

Susana Gómez (CAM – PT)

Tomaz Dentinho (UAç – PT)

Ulisses Miranda Azeiteiro (UA – PT)

 

Coordenação da Rede BRASPOR

João Alveirinho Dias (U. Algarve - PT) e Maria Antonieta Rodrigues (U. Estatual Rio de Janeiro - BR)

(Coordenadores Eméritos)

Maria Rosário Bastos (U. Aberta - PT) e Davis Pereira de Paula (U. Federal Ceará - BR)

(Coordenadores)

Tomasz Boski (U. Algarve - PT) e Paulo Seda (U. Estadual Rio de Janeiro - BR)

(Vice-Coordenadores)

Joana Gaspar de Freitas (U. Nova Lisboa) e Emiliano Castro Oliveira (U. Federal São Paulo - BR)

(Coordenadores Adjuntos)

 

 

Sesimbra

Situada a cerca de 40 km a Sul de Lisboa, num trecho costeiro virado a Sul, abrigada das nortadas e da agitação marítima dominantes, é uma zona de águas geralmente calmas, o que propiciou desde cedo o estabelecimento de populações. Com uma vocação eminentemente marítima, desde tempos imemoriais que a pesca foi uma das principais formas de subsistência dos seus habitantes. Tendo-se afirmado enquanto área geográfica eclética, sede de uma identidade cultural única e excecional, Sesimbra é, atualmente, um dos principais polos de atração do país, não só pelas suas praias de águas límpidas, mas, também, pela oferta daquele que é considerado por muitos especialistas o melhor peixe do mundo, e de uma variedade de pontos de interesse histórico e natural. O Castelo de Sesimbra, a Fortaleza de Santiago, a Capela do Espírito Santo dos Mareantes, a Moagem de Sampaio, a Jazida de Icnofósseis da Pedreira do Avelino, ou Cabo Espichel, são alguns dos locais que atraem, anualmente, milhares de turistas nacionais e estrangeiros, e que tornam este num destino de excelência, de visita incontornável. Para mais informações: Ver o texto no final desta página e o site da Câmara Municipal de Sesimbra http://www.cm-sesimbra.pt/