Registo de vídeo da tradição oral

Estão abertas as inscrições para o curso de verão Registo de vídeo da tradição oral – contos, lendas, provérbios. Este terá lugar na FCSH de 9 a 12 de julho e de 16 e 17 de julho (das 14h às 18h/no dia 17, das 14h às 19h) e tem como objetivos trabalhar o valor das expressões associadas à Literatura Tradicional e a pertinência do registo de vídeo e analisar as tradições e expressões orais enquanto domínio do Património Cultural Imaterial, a partir da contextualização teórica do registo etnográfico e concretizar a gravação, edição e montagem de um vídeo de tradição oral – contos, lendas, provérbios.

Programa:
– Sessão 1: Introdução
Registo e divulgação da tradição oral – o projeto Memoriamedia;
Secções de inventariação e mostra de vídeos;
Base de dados do Arquivo Memóriamedia;
Plano de Formação;
Contextualização teórica;
O registo etnográfico da tradição oral em Portugal;
A tradição e expressões orais – um dos domínios do Património Cultural Imaterial (PCI);
PCI – Legislação e panorama atual.

– Sessão 2: Práticas – trabalho de campo
O registo de momentos da tradição oral – as etapas do trabalho de campo;
Os informantes e o mediador;
Exercício: Prática de identificação de informantes e mediadores;
Os métodos e as técnicas;
Observação direta participante e não participante;
A entrevista – a entrevista não diretiva e a entrevista em grupo.

– Sessão 3: Técnicas de registo Vídeo e Áudio
Câmaras de vídeo, formatos e suportes;
Escolha do local de filmagem – luz e som ambientes;
Enquadramento, iluminação artificial e regulação;
Captação de som para vídeo.

– Sessão 4: Os métodos e as técnicas
Exercício: Prática de entrevista – Role-playing – registo vídeo;
Autoescopia do exercício de Role-playing;
Pré-produção do trabalho de campo;
Pesquisa documental e definição da equipa de trabalho;
Inventariação de meios técnicos e humanos necessários;
As autorizações dos informantes;
Logística;
Trabalho prático

– Sessão 5 e 6: Edição e tratamento de imagem e som
Edição do vídeo;
Tratamento de imagem e som;
Apresentação dos trabalhos finais.

Nota: O curso dirige-se a estudantes ou licenciados em ciências sociais, comunicação, estudos literários ou áreas similares interessados na introdução ao vídeo e no registo de momentos da tradição oral. Os alunos devem ter câmara de filmar própria e computador portátil (computador de preferência com processador i5 ou superior).

Sugestões