Lançamento: Arquipatologia

A Arquipatologia (1614) de Filipe Montalto é uma obra de grande relevância histórica da psiquiatria, da filosofia da mente e das neurociências. A tradução desta exige competências no âmbito de várias disciplinas, nomeadamente em estudos clássicos, história da ciência, medicina e filosofia. Por este motivo a tradução contou com a participação de vários investigadores especializados que ao longo de três anos trabalharam para tornar esta tradução possível.

Dia 31 de janeiro de 2018, pelas 18h, na Fundação Calouste Gulbenkian, será a apresentação de Arquipatologia: Tratados I – IX da autoria de Filipe Montalto. A obra conta com a tradução de Domingos Lucas dias, a investigadora do IELT Inês de Ornellas e Castro e Joana Mestre Costa. A apresentação estará a cargo de António Barbosa (Faculdade de Medicina – UL) e Luís Manuel Bernardo (FCSH-UNL).

A edição conta com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian.

 

Sugestões