Seminário: RELIT-Rom

O repto de Brites a dom Gil Cogominho, “Entoai por meu prazer | qualquer cousa”, de que resultou a tentativa de o fidalgo aprendiz cantar dois romances (Francisco Manuel de Melo) deu o mote ao primeiro seminário preparado no âmbito do projeto de investigação RELIT-Rom – Revisões literárias: a aplicação criativa de romances velhos (sécs. XV-XVII).

O seminário decorre no próximo dia 17 de maio, pelas 16h, na NOVA FCSH. O encontro conta com a participação de Pere Ferré, Teresa Araújo, Ana Sirgado e Sandra Boto. O seminário será gravado e disponibilizado muito em breve.

RELIT-Rom: Revisões literárias: aplicação criativa de romances desenvolve um programa exploratório de releitura das menções a romances antigos peninsulares (género épico-lírico de origem medieval e com filiação na balada europeia) que fazem parte de obras literárias de autores portuguesa dos séculos XV-XVII, como dispositivos de criação de efeitos ideológicos, de significação, poéticos e musicais, hoje quase imperceptíveis à maior parte dos públicos, em virtude do escasso conhecimento geral do romanceiro velho.

O projeto é financiamento pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Fundação Para a Ciência e Tecnologia através do Instituto de Estudos de Literatura e Tradição.

Recent Posts