Irene Fialho

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, Português-Francês e mestre em Literaturas Comparadas pela Universidade Nova de Lisboa. No âmbito da edição crítica da Obra de Eça de Queirós (Imprensa Nacional-Casa da Moeda) editou em 1994 o volume Alves & Cia., em 2011 Almanaques e outros dispersos e em 2014 A correspondência de Fradique Mendes. Publicou na Biblioteca Nacional de Portugal Almanaques (2001) e Aquisições Queirosianas (2007). Da sua atividade de investigação resultaram os livros, com textos inéditos de Eça de Queirós, A morte do Diabo (2013) e Eça de Queiroz em casa (2016). Membro do Conselho Cultural da Fundação Eça de Queiroz desde 2002 e do seu Conselho de Administração desde 2010. [Produção científica do investigador]