Maria João Cameira

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, Estudos Portugueses e Franceses (Universidade do Porto), mestre em Literaturas Comparadas Portuguesa e Francesa (Universidade Nova de Lisboa), doutorada em Literaturas e Culturas Românicas (Universidade do Porto) e professora de Língua Francesa, culturas e tradução no ISCAP – Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto desde 1991. Na continuidade da sua investigação em poesia portuguesa e interartes como membro do CEI – Centro de Estudos Interculturais, possui artigos publicados sobre a poesia de Luiza Neto Jorge e a pintura de Paula Rego, entre os quais destaca Dezanove Recantos: A Epopeia Apocalíptica do Feminino e O devir-animal em Luiza Neto Jorge e Paula Rego: Mulher Cabra, Mulher-Cão e outras metamorfoses. Em 2017 publicou A Transfiguração do Feminino na Poesia de Luiza Neto Jorge (Berlin: Novas Edições Académicas), a sua tese de doutoramento.