Maria Schtine Viana

Doutoranda em Estudos Portugueses na NOVA FCSH, desenvolve investigação sobre a obra Corpo de Baile, de João Guimarães Rosa. Atualmente é bolseira da FCT e investigadora do IELT – NOVA FCSH. Foi investigadora no Departamento de Ciência da Linguagem da Universidade de Rouen (França). É mestre em Filosofia pelo programa de culturas e identidades brasileiras do Instituto de Estudos Brasileiros da USP, onde defendeu a dissertação O Coruja de Aluísio Azevedo: um romance de formação sob o prisma do grotesco. É bacharel em Línguas e Literaturas Francesas e Portuguesas pelo Departamento de Línguas Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). É autora dos livros Silêncios no escuro (Ateliê), Um estudo sobre as obras clássicas de viagens e aventuras (Eureka), Um estudo sobre a fábula e os contos de fadas (Eureka), Asa da palavra: Literatura oral em verso e prosa (Melhoramentos), entre outros. Assina a organização das coletâneas A poesia do nome (A Casa Editorial), Histórias de bichos (Ática), Histórias de imigrantes (Scipione), Histórias de futebol (Scipione), Contos de Aluísio Azevedo (DCL). Além de ter colaborado na edição de várias publicações no Brasil, onde trabalhou por duas décadas em várias casas editoriais. Algumas das suas obras foram aprovadas em programas de educação e cultura do governo brasileiro. Pesquisa explora os seguintes temas: literatura brasileira, literatura portuguesa, literatura francesa, história da publicação e história social da leitura e da edição.